Juíza decreta nulidade de prova pericial após “recado” de perita

A juíza Isabella Borges de Araújo, do TRT5, deferiu nulidade de laudo pericial nos autos do processo nº: 0001374-53.2017.5.05.0014, após a perita médica designada pelo juízo ter deixado um “recado” em um dos itens. Ao responder os quesitos, a perita informou que um dos itens deveria ser respondido pelo assistente médico. Porém, a assistente havia…