Governo publica decreto que concede indulto para presos com doenças graves

O governo federal publicou nesta segunda-feira (11), no “Diário Oficial da União”, indulto humanitário (perdão de pena) para presos brasileiros e estrangeiros com doenças graves e terminais. O decreto proíbe indulto a condenados por corrupção, crimes hediondos e de tortura, entre outros. Bolsonaro assinou o decreto na sexta-feira (8), no Hospital Albert Einstein, em São…

Novo promotor do caso Queiroz se declara suspeito e deixa investigação

Um dia após receber a investigação sobre as movimentações financeiras atípicas do ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), Fabrício Queiroz, o promotor Claudio Calo declarou-se suspeito e deixou o caso. A decisão foi anunciada nesta terça-feira, 5, após a repercussão negativa de antigas publicações feitas pelo promotor em sua conta no Twitter, em que compartilhou…

Moro apresenta a governadores e secretários projeto de lei Anticrime

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, reúne-se hoje (4), em Brasília, com governadores e secretários de Segurança Pública para apresentar o projeto de lei Anticrime que será enviado Congresso Nacional. Segundo ele, a sociedade também deve demandar ao governo suas necessidades. “É um desejo do brasileiro que ele possa viver um país mais seguro”,…

PF cumpre mandados em Salvador e SP por operação sobre obras do Rodoanel

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (30) a Operação Pedra no Caminho 2, deflagrada para apurar indícios de corrupção de servidores públicos durante as obras do Rodoanel – Trecho Norte. Policiais federais cumprem quatro mandados de busca e apreensão nas cidades de São Paulo e Salvador. Todos foram expedidos, a pedido da PF,…

Lava Jato critica afastamento de procuradores que investigavam Odebrecht no Peru

A força-tarefa da Lava Jato no Paraná apontou que o afastamento dos dois procuradores peruanos que comandavam a investigação de um esquema de corrupção envolvendo a Odebrecht no país abre um precedente perigoso na América Latina. Para os procuradores brasileiros, o afastamento fere a independência e estabilidade dos colegas peruanos e que este tipo de…

Moro diz que Brasil não será ‘porto seguro’ para o crime e que desvios atingem os ‘mais vulneráveis’

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, disse nesta quarta-feira (2), durante cerimônia de transmissão de cargo, que o Brasil não será “porto seguro” para criminosos. Ele afirmou, ainda, que o Brasil não negará cooperação em investigações por “motivos político-partidários”. Transmitiram o cargo para Moro os ex-ministros Raul Jungmann (Segurança Pública) e Torquato…